Em nome de mim - Episódio II

Olá, eu sou Deus, e bem vindo ao meu podcast, Em Nome de Mim. Hoje, nosso tema é família.

Não se esqueça de dar seu like, e seguir nosso programa no Spotfy ou em seu agregador de podcasts favorito. Não esquece que Deus tá vendo.

Bom, família. Para mim esse é um assunto difícil, que por muito tempo eu evitei. Mas minha vida é um livro aberto, todo mundo sabe a minha história, então está na hora de eu me abrir com vocês. Eu tenho um filho, chamado Jesus. E nossa relação não é tão boa quanto eu gostaria.

Há muitos anos atrás, Jesus tava na terra, começou a falar umas ideias estranhas de paz e amor ao próximo, uma coisa meio hiponga; pareciam um cover do Los Hermanos, um bando de barbudos para lá e pra cá mal vestidos e sem tomar banho. E enfim, para resumir, o povo naquela época era bolsominion, e não gostou dessa conversa de respeitar uns aos outros.

Quando a merda aconteceu, Jesus me ligou e falou “pai, me pegaram e tão me levando para cruz. Você me busca aqui?”. E eu respondi “Busco”. Mas era uma fase tão difícil da minha vida, eu tava com tanta coisa na cabeça, que esqueci. Normal; você não é pai até esquecer seu filho em algum lugar. Esqueci. Erro meu. My bad.

E aí eu pensei, po, um menino bonito, jovem, um galalão desse aí, vai superar, não vai? Ledo engano. Jesus traumatizou, ficou deprê, tem transtorno de ansiedade. Na terra ele transformava água em vinho, agora transforma tic-tac em Rivotril. Vocês acham que ele não voltou porque? Por que eu não deixo? Nada! Moleque é agorafóbico. Não sai do quarto. E se eu entro lá, ele grita “Pai, porque me abandonaste!” e taca coisa em mim. É uma merda. A única pessoa que pode entrar é a Madalena.

Madalena é minha nora. Quando ela apareceu, vou dizer que não fui com a cara da menina. Um jeitinho de... Não vou falar. Não vou. Anjo Gabriel aqui tá orientando a pauta e disse que eu tenho que ser mais progressista. De qualquer jeito, Maria também não gostou dela. Só José, o banana do José, único marido que viu a esposa engravidar de outro e não foi embora, disse “ah, vai ser bom pro Jesus”. Maria acabou aceitando, mas não deixava os dois ficarem sozinhos em casa. Aí o que os meninos fizeram? Madalena se escondia no celeiro.

Toda tarde Jesus dizia “pai, vou levar o camelo pra passear”, e voltava meia hora depois esbaforido. Eu tentei avisar Maria, dizia “Maria, vai pro celeiro”, mas Maria é esperta, vacinada, a última vez que foi pro celeiro comigo saiu gravida, então não julgo ela não. Enfim, adolescentes, vocês já imaginam né, tinha dia que o camelo passeava quatro, cinco vezes. Rodou tanto que dava para dar uma volta ao mundo. Só não ficou mais rodado que a própria Madalena. Nossa, peguei pesado? Pelo amor de Mim, não posso falar uma coisa dessas; no fundo eu sei que os boatos sobre ela eram tudo mentira. Além do mais, não sei o que faria sem essa menina hoje em dia. Ela que fica o dia inteiro com Jesus no quarto, ouvindo ele tocar música triste naquele ukelele. Sinceramente, não sei como ela aguenta.

Concluindo, essa é minha família. Um filho deprê e uma nora esquisita. As lições? Se seu filho te pedir pra buscar ele em algum lugar, anote para não esquecer. E colocar no garoto o futuro de toda a humanidade pode ser um pouco de pressão demais.

E é isso. Agora vamos para minha parte favorita, que é ouvir vocês, meus cordeirinhos.

A Juremamenezes escreve “Deus, meu filho não sai do tik-tok. Não estuda, não come, é o dia inteiro no celular. Como eu faço para tirar ele dessa?”

Jurema, muito simples. Baixe você também o tik-tok e comece a postar vídeos. Coloca essa criatividade da senhora para funcionar. E não esquece de adicionar todos os amigos dele. Prometo que ele vai desistir do app.

Cleberreais1967 mandou “Meu Pai, minha cunhada começou a comer parede, planta bananeira pelada e conversar com peixe. Diz que é tudo por ordem do Senhor. É tu mesmo ou ela tá píneu?”

Negativo. Neste momento, até por causa do isolamento, só mantenho contato com três pessoas na terra: Cabo Daciolo, Kaká e o Wellington. Quem é Wellington? Descubra.

Marciopaulista diz: "Deus, traz a Angela de volta para mim".

Marcio, pra começar, onde foi que você achou esse contato? Não foi num poste em Moema prometendo trazer seu amor de volta, foi? Não foi. Então mais respeito pelo meu trabalho. Além do mais, Angela tá bem, tá feliz, adotou um cachorro, entrou em um curso de escrita criativa. Por mim, tá tudo ótimo com Angela. Conselho de amigo, troca o disco, baixa o Tinder e para de compartilhar post do Caio Coppola. Você vai ver como vai começar a aparecer mulher na sua vida.

Gilmar34: “Deus, me arranja uma esposa”

Isso é com Santo Antonio, o Santo casamenteiro.

Patríciasouza33: “Pai do Céu, meu marido não olha mais pra mim, é só Bolsonaro, Bolsonaro, Bolsonaro. Me dá uma luz!?”

Isso é com São Francisco, padroeiro dos animais.

Kássiaamorepaz: “Deus, o Cleiton tá broxa. O que eu faço?”

São Longuinho, o Santo das causas impossíveis. Ou fale com seu médico. Eu falaria.

E a última de hoje, o mitodebrasilia69 pergunta "Deus, tenho um amigo e ele tá com problema com um dos filhos. Menino desvia dinheiro, faz rachadinha, tá sempre com miliciano. E não me entenda mal, o problema não é ele roubar, o problema é ele não ser discreto. Você tem alguma sugestão? Pro meu amigo. Que é o filho de um amigo, tá okay?"

Bom, por muito menos eu mandei Abraão matar Isaac. No seu caso, aliás, do seu amigo, procure a unidade da policia federal mais próxima e faça uma denúncia. Se o garoto reclamar, diz que foi Deus quem mandou e, como você sabe, é Deus acima de todos.

Bom gente, é isso. Queria agradecer aqui as mensagens que eu recebi depois do primeiro episódio. Vocês fizeram Deus muito feliz. Deixar um salve também pro menino Anjo, nosso Gabriel, que é quem toca a coisa aqui. Fiquem Comigo, e até a próxima.

Posts recentes

Ver tudo

Em nome de mim - Episódio III

Olá, eu sou Deus, e seja bem vindo ao meu podcast, Em Nome de Mim. Hoje o tema é futebol. Neste programa, eu vou responder a pergunta que todo mundo sempre faz: o quanto eu interfiro no futebol? Bom,

Em nome de mim - Episódio I

Olá, eu sou Deus, e seja bem vindo ao meu novo podcast, Em Nome de Mim. Disseram que eu estava distante do público, meio ausente, então resolvi começar esse programa, pra entrar em contato com você, f

Elogios, críticas, sugestões...envie sua mensagem.

© 2023 by Train of Thoughts. Proudly created with Wix.com